DWS Corretora
Carregando...

Aprenda a calcular os custos de uma viagem

Postado em: 12 de dezembro, 2018
Faça sua simulação SIMULAR

Seja para outro país ou continente, ou uma viagem local de fim de semana, calcular os custo da viagem é primordial. O grande motivo para fazer o controle de gastos, é que ele deve determinar o destino da viagem.

Para muitos esse processo pode ser cansativo e desestimulante, mas acredite, calcular os gastos nos ajuda a entrar no clima da viagem e se empolgar com os possíveis locais a serem visitados.

Estime o quanto será gasto

Comece definindo o valor máximo a ser gasto, isso ajuda a decidir tanto o destino como também qual a duração da viagem. Não se esqueça de sempre pesquisar bastante antes de decidir o destino, conheça bem o local e quais as documentações necessárias para a viagem.

Custos com deslocamento e documentação

 

O primeiro passo a ser calculado é o custo com o deslocamento, será de avião ou carro? No caso de passagens aéreas pesquise bastante, são os valores que sofrem maior alteração, atente-se para o horário, muitas vezes viagens de madrugada são mais baratas.

Outro fator importante são os custos com a documentação, dependendo do local da viagem será necessário passaporte e visto e esses itens devem estar inclusos no custo total da viagem.

Defina o tipo de hospedagem

Essa provavelmente será a maior despesa da sua viagem, por isso e necessário definir o estilo que mais lhe agrada, hotel 5 estrelas ou uma pousada? São escolhas pessoais de cada um, mas em todas elas a pesquisa é fundamental.

Atente-se para os itens inclusos na hospedagem, como café da manhã ou estacionamento, dessa forma você evita imprevistos e tem um orçamento mais próximo da realidade.

Gastos com alimentação

 

É extremamente importante fazer uma consulta e definir alguns dos principais restaurantes famosos da gastronomia local que será visitado. Visite sites e procure preços aproximados, também é válido procurar grupos na internet sobre o local da viagem, muitas pessoas estão dispostas a sanarem dúvidas de turistas.

Além disso faça uma estimativa do gasto diário com alimentação, portanto se exagerar no almoço, é possível economizar na janta.

Transporte local

Defina a forma de locomoção que será adotada na cidade, aluguel de carro normalmente é a opção mais comum, mas muitos lugares possuem um sistema de transporte público satisfatório que alem de ser mais rápido sai bem mais em conta, por isso conheça bem o local da viagem.

No caso de aluguel de carro, adicione também os custos com combustível, já quando se trata de transporte público, descubra por antecedência o preço do bilhete. Quando se trata de táxi, existem sites que fazem uma simulação da tarifa básica do preço da região.

Conheça as principais atrações turísticas

 

Pesquise por antecedência as atrações turísticas mais famosas como museus, parques e shows, descubra qual o custo de cada um dos passeios, também é comum existirem promoções ou gratuidades dependendo do dia.

Defina então quais os que mais lhe agradam e faça a estimativa de custo tanto da entrada como também a alimentação no local.

Estime um valor para compras

 

Provavelmente o item mais pessoal de todos, nem todo mundo gasta com souvenir na viagem, já para algumas pessoas é um dos principais pontos. Estime o quanto de dinheiro será utilizado em compras, faça uma pequena lista do que é importante para você e também das pessoas que podem ser presenteadas, independente do valor, é interessante manter uma estimativa que caiba no seu orçamento.

Gastos extras e imprevistos

Evite viajar com o dinheiro contado, mantenha sempre uma reserva para garantir que não seja surpreendido e isso afete negativamente sua viagem. Uma dica importante é sempre levar um cartão de crédito que possa ser usado para suprir essas necessidades, além de dinheiro extra.

Por mais detalhado que seja o seu orçamento, sempre é necessário se atentar ao fato de que nunca temos total exatidão dos custos de uma viagem.

A importância de um seguro viagem

 

Não esqueça de incluir um seguro viagem, ele é a garantia que você vai ter tranquilidade e se proteger de situações adversas que possam ocorrer, principalmente em casos de problemas de saúde. Muitos países sequer possuem sistema público de saúde, qualquer imprevisto médico pode sair caro demais.

Além do principal que é a saúde, são diversas as coberturas que podem lhe poupar de dores de cabeças causadas por situações adversas da viagem.

Certo que o assunto do tópico é economia, mas quando se trata da nossa segurança, é sempre importante investir um pouco mais, além disso um seguro viagem é muito barato se comparado com a quantidade de coberturas que ele oferece.