DWS Corretora
Carregando...

Outubro é o mês rosa

Postado em: 9 de outubro, 2019
Faça sua simulação SIMULAR

Em outubro, o Brasil fica cor-de-rosa. A cor, que ilumina monumentos históricos e prédios públicos, enfeita os laços que simbolizam o movimento, serve para promover a conscientização da população sobre o câncer de mama.

Essa série de campanhas de conscientização sobre a doença, teve início nos EUA nos anos 1990 como forma de encorajar o público a conhecer melhor esse tipo de câncer, que é o mais frequente entre as mulheres.

Os números demonstram que ainda temos um longo caminho para percorrer

Segundo levantamento da Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM) realizado em 2017, do número estimado de mamografias que deveriam ser de 11,5 milhões, apenas 2,7 milhões foram realizadas, pouco mais de 24%. O dado é ainda mais alarmante se considerarmos que a Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda que a o índice seja próximo de 70%.

Muitas destas barreiras podem ser removidas através da educação, melhora da comunicação e suporte psicológico, o que aumentaria o acesso aos exames e ao tratamento. Além disso, a recomendação é a realização da mamografia de rastreamento (quando não há sinais de sintomas) em mulheres de 50 a 69 anos, uma vez a cada dois anos.

O diagnóstico precoce é a chave para a cura

O diagnóstico precoce é importante no câncer de mama porque quanto mais cedo a doença for detectada, mais fácil será tratá-la e maior serão as chances de curá-la, estudos confirmam que se descoberto ainda no estágio inicial da doença, as chances de cura podem chegar até 95%.