DWS Corretora
Carregando...

Saiba tudo sobre declaração de Plano de Saúde Empresarial no IR

Postado em: 27 de maio, 2020
Faça sua simulação SIMULAR

Geralmente a preocupação dos brasileiros aumenta quando vai chegando a época da declaração de imposto de renda. Mas se tratando de plano de saúde, esse processo pode ser muito simples.

Esse conteúdo é muito relevante para você pois o Ministério da Economia anunciou que o prazo para entrega das declarações de Imposto de Renda de pessoas físicas 2020 foi prorrogado até 30 de junho.  

A primeira coisa a se fazer é lançar todos os dados necessários no campo de “Pagamentos Efetuados”, sob o código de número 26, denominado Planos de Saúde do Brasil. Ali, você deve declarar o CNPJ da empresa prestadora do plano de saúde, o valor integral pago no ano e os valores que foram reembolsados.

Como inserir as despesas de reembolso médico?

O que vemos muito é arcar com os custos de plano de saúde de pessoas que não figuram na sua declaração de imposto de renda como seus dependentes. Pois bem, você poderá deduzir apenas os gastos feitos com seus dependentes, enquanto gastos com os demais devem ser subtraídos do valor declarado.

Escolha o código referente ao serviço e especifique se o reembolso foi para o titular do plano ou para um dependente, ao qual o nome deverá ser informado. 

Faça o detalhamento de cada item, lembrando o nome da pessoa que te atendeu, o CPF ou CNPJ, o valor que foi pago no procedimento e também especifique o valor do reembolso pago pela sua operadora no campo “valor não dedutível”.

E sobre os dependentes?

O que vemos muito é arcar com os custos de plano de saúde de pessoas que não figuram na sua declaração de imposto de renda como seus dependentes. Pois bem, você poderá deduzir apenas os gastos feitos com seus dependentes, enquanto gastos com os demais devem ser subtraídos do valor declarado.

Onde posso obter o demonstrativo de imposto de renda?

A maioria das operadoras disponibilizam um demonstrativo completo justamente com esse objetivo. Para acessar, basta entrar na sua área do beneficiário do seu plano de saúde e fazer o download do demonstrativo de rendimentos.

Quais são os gastos dedutíveis do imposto de renda

São aqueles que o contribuinte tem direito à restituição, um detalhe que pode diminuir ou aumentar o valor pago. 

Consultas médicas, exames, despesas hospitalares, despesas com parto, aparelho ortopédico e dentário, prótese ortopédica e dentária, planos de saúde, cirurgias plásticas, próteses de silicone, materiais cirúrgicos, assistência social, massagistas e enfermeiros, instrução para portadores de deficiência, despesas no exterior, internação na própria residência, internação em casa de repouso.

E o que não pode ser deduzido?

Passagem e hospedagem para tratamento médico, medicamentos não incluídos na fatura do hospital, despesas com massagistas e enfermeiros que não sejam necessárias devido à uma internação, despesas de acompanhantes, vacinas, próteses de silicone não incluídas na fatura do hospital, lentes de contato e óculos, exames de DNA, gastos relativos à coleta e armazenamento de células tronco.

Em suma, declarar plano de saúde no imposto de renda, é um processo bem simples. Basta seguir os passos e ter clareza sobre quais são os procedimentos dedutíveis.