Vida saudável eleva a produtividade

É comum na vida dos executivos a busca incessável pelo sucesso e reconhecimento, trabalhando sempre sobre pressão e no cumprimento de metas, porém, muitos esquecem de um fator essencial para o crescimento profissional: a saúde e o bem-estar. Afinal, a saúde interfere diretamente não apenas no humor, como também no desempenho profissional, é o que afirma a Dra. Denise Portugal, endocrinologista e professora da Associação Brasileira de Medicina, segundo seu levantamento, detectou-se que 70% dos seus pacientes conseguiram elevar sua produtividade a partir apenas de uma simples mudança de hábitos.

Uma alimentação regrada, com base no consumo de fruta se vegetais é um bom começo para uma transformação de hábitos que ajudará diretamente na cognição, melhora da memória e principalmente na redução da fadiga e do estresse.

Dados da Organização Internacional do Trabalho (OIT), afirmam que pessoas com maus hábitos alimentares têm índices de produtividade 20% menores do que aquelas com dietas saudáveis.

Denise alerta que um dos principais erros cometido pelos profissionais é achar que para trabalhar com mais disposição é necessário comer muito, o que acaba sendo totalmente contrário, “o excesso de comida só aumenta a sensação de corpo pesado, lento e sonolento, o ideal é a ingestão de alimentos de fácil digestão e que liberem energia constantemente, como é o caso dos alimentos ricos em fibras.”

Com uma alimentação de balanceada e de qualidade são evitados os picos glicêmicos que ocorrem quando uma grande quantidade de glicose é liberada de uma só vez. O resultado disso é o aumento da disposição e da concentração, além da diminuição da ansiedade e sono.

Consciência corporativa também é importante

Não só o profissional deve priorizar seu bem-estar através da mudança de hábitos que elevem sua produtividade como também as empresas deveriam incentivar esse comportamento através de campanhas educativas e programas de reeducação alimentar por exemplo.

Além da melhora direta na qualidade de vida dos colaboradores, esse tipo de iniciativa também traz benefícios para as empresas, diminuindo por exemplo os gastos com planos de saúde e absenteísmo devido doenças causas por maus hábitos.

2 Comments

  1. Valéria Pinheiro

    Muito bom o conteúdo.

    1. Danilo Marden

      Prezada Valéria,
      Ficamos muito felizes em criar conteúdos que atendam nossos clientes e parceiros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *