O que é Setembro Amarelo? Compartilhar essa ideia é salvar vidas!

O que é setembro amarelo?
Sempre ouviu falar mas não sabe o que é setembro amarelo? Através deste artigo você vai entender a importância dessa iniciativa.

O setembro amarelo é uma das iniciativas do Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, que acontece no dia 10 de setembro.

Em primeiro lugar, ela visa promover e ampliar a discussão e ações sobre o tema.

Cerca de 800 mil pessoas cometem suicídio anualmente, como resultado, esse ato é a segunda causa de morte entre jovens de 15 a 29 anos, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Os sintomas nem sempre são visíveis, e na maioria das vezes são silenciosos, mas há alguns sinais para os quais podemos prestar atenção.

Atente-se para os sinais

A princípio, observe os sintomas verbais, normalmente eles são algo que não recebem muita atenção das pessoas, mas devem ser levado bastante a sério.

Se a pessoa costuma entoar frequentemente frases negativas como “eu não aguento mais” é necessário ligar um sinal de alerta.

Já os sinais comportamentais, como por exemplo, isolamento, desinteresse em fazer o que gosta, alimentação, mudança de sono, agressividade, são práticas que mostram o quanto a pessoa está em risco.

Outro comportamento merece atenção é nas redes sociais. Conteúdos que passam a ser seguidos e até mesmo postados, são possíveis sintomas de depressão ou tendência de suicídio.

Agora que você já sabe o que é o setembro amarelo, saiba como agir caso necessário

Se você desconfiar que alguém próximo está pensando em suicídio, não fique parado, tome atitude, converse, aborde com uma postura acolhedora.

É preciso segurar o julgamento e escutar.

Escolha um lugar calmo e converse com tempo, dando total atenção à pessoa e ao que ela tem para falar.

Ela pode demorar um pouco para se abrir, então seja paciente.

Ao mesmo tempo, incentive à procura por ajuda de profissionais de saúde mental, ofereça-se para acompanhá-la a um atendimento, fique em contato diariamente.

É através desse amparo, que resgatamos vidas.

Centro de Valorização da Vida (CVV)

Fundado em São Paulo, em 1962, o CVV é uma associação civil sem fins lucrativos, filantrópica, reconhecida como de Utilidade Pública Federal, desde 1973.

Presta serviço voluntário e gratuito de apoio emocional e prevenção do suicídio para todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo e anonimato.

O suicídio é um problema que se pode prevenir na grande maioria das vezes e esse é um dos maiores esforços do CVV.

Antes de mais nada, o estudo e a discussão do tema suicídio é uma das formas mais eficientes de se promover a prevenção, pois esta só é possível quando a população, os profissionais da saúde, os jornalistas e governantes têm informações suficientes para conduzir as medidas adequadas e ao seu alcance nessa frente.

Os contatos com o CVV são feitos pelos telefones 188 (24 horas e sem custo de ligação),  pessoalmente (nos 110 postos de atendimento) ou pelo site www.cvv.org.br, por chat e  e-mail.

Nestes canais, o CVV realiza mais de 2 milhões de atendimentos anuais, por aproximadamente 3.400 voluntários, localizados em 21 estados mais o Distrito Federal.


Relacionados

Simule seu plano de saúde!

Uma ferramenta prática e rápida, em menos de 2 minutos veja todos os planos que atendem na sua região com características, valores e diferenciais.