Portabilidade para planos de saúde: Tudo o que você precisa saber!

Artigo portabilidade

Até porque as vezes mudar é a única solução!

Escolher um plano de saúde é quase como entrar em um relacionamento! 

No começo você sempre está empolgado e contente, mas com o passar dos anos, alguns relacionamentos acabam piorando e chega um determinado momento onde a troca será 100% necessária.

O mesmo acontece quando estamos infelizes com um determinado plano de saúde. Mesmo que aquele plano já tenha sido muito bom para você, sua família ou empresa às vezes o melhor a se fazer é pedir a portabilidade de um plano para outro.

Por essas e outras razões a DWS criou um artigo com tudo sobre portabilidade entre os planos de saúde, para que assim você consiga entender todas as regras e detalhes presentes durante o processo de portabilidade.

Desenvolvemos também um artigo completo que vai te ajudar a sanar todas as dúvidas que você pode ter sobre este e outros temas!

O que é a portabilidade nos planos de saúde?

Quando estamos falando sobre planos de saúde, um dos principais temas que ainda gera dúvidas é a portabilidade entre um plano e outro, afinal existem diversos detalhes que devem ser avaliados se você estiver buscando realizar a troca.

A portabilidade é basicamente uma decisão em que você (cliente) decide mudar de plano de saúde sem a necessidade de ter que cumprir o tão conhecido período de carência (ou seja, fazendo com que você já tenho acesso instantâneo aos serviços já contratados anteriormente)

Contudo é preciso lembrar que a ANS (agência nacional de saúde) também possui algumas regras quando o assunto é portabilidade. Veja abaixo quais são as regras estabelecidas pela ANS.

Você também pode gostar de: Aprenda a encontrar planos de saúde com um ótimo preço!

Regras de portabilidade para planos de saúde da ANS

A ANS criou um série de regras para garantir a qualidade do atendimento durante a mudança entre planos, entre elas podemos destacar:

  • Desde junho de 2019, os planos de saúde coletivos empresariais estão aptos a fazerem a portabilidade (coisa que não era permitida até maio de 2019).
  • As novas regras válidas desde junho de 2019 também liberam a portabilidade para planos de saúde com maior cobertura (do que o atual) sem a necessidade de cumprir as carências já previstas anteriormente.
  • Você não tem mais que esperar 120 dias do aniversário do contrato para pedir a portabilidade (essa regra também é válida desde junho de 2019).

Quais são os requisitos mínimos para que eu tenha direito a portabilidade?

Mesmo com algumas alterações em 2019, a ANS ainda possui alguns requisitos mínimos para que você consiga pedir a portabilidade do seu plano de saúde, veja abaixo quais são:

  • Ter um contrato ativo com uma operadora de saúde.
  • Estar em dia com os pagamentos das parcelas.
  • Ter 2 anos de permanência no plano atual (caso seja a primeira portabilidade, da segunda em diante é apenas 1 ano)
  • O plano precisa ter sido contratado a partir do dia 1 de janeiro de 1999 (que foi quando as regras da ANS foram alteradas).

Lembrando que o cancelamento do plano atual só será realizado após a confirmação da nova operadora de saúde.

Qual a documentação necessária para realizar a portabilidade?

Existe uma documentação obrigatória que o cliente deve ter na hora de pedir a portabilidade, entre eles:

  • O cartão do plano atual.
  • Os três últimos boletos (comprovantes de pagamento).
  • Declaração de permanência.

Além disso é válido ressaltar que o primeiro passo é escolher um plano devidamente compatível com o seu e entrar em contato com a operadora, solicitando uma nova proposta para o mesmo.

O que devo fazer quando a portabilidade for aceita?

Geralmente a operadora de saúde têm até 20 dias (após a assinatura do contrato) para dar uma resposta sobre a aprovação da proposta enviada. Caso você não receba nenhum contato durante esse período é sinal de que a operadora aprovou a portabilidade.

Logo após a aprovação você deve entrar em contato com a nova operadora para pedir a sua nova documentação, carteirinha e afins. Vale a pena lembrar que o novo plano de saúde vai começar a ser válido 10 dias depois da confirmação de sua proposta.

Por quê um cliente busca a mudança do seu plano de saúde?

Ao contrário do que a maioria das pessoas pensam, a busca pela portabilidade é muito mais comum do que você imagina, afinal de contas, existem diversos motivos diferentes que fazem uma pessoa ou empresa mudar de operadora.

Dentre eles, podemos ressaltar:

  • A falta de atendimento especializado.
  • Alterações no orçamento.
  • Insatisfação do atendimento atual.
  • Surgimento de novas necessidades.
  • Mudanças internas dentro do negócio (quando o plano é empresarial).

Conheça a cartilha de portabilidade de carências da ANS

Bom, como você pode ter visto a ANS possui diversas regras e requisitos para a realização de portabilidade entre os planos de saúde. Se você ainda tem alguma dúvida ou precisa esclarecer algo conheça a cartela que a própria ANS disponibilizou de forma gratuita.

Clique aqui e acesse a cartela de portabilidade de carências!

Escolha uma empresa de confiança para realizar a sua portabilidade!

Realizar a portabilidade de um plano de saúde não é uma tarefa tão simples quanto parece, principalmente se você estiver buscando a portabilidade de um plano coletivo, empresarial ou coletivo empresarial.

Por isso, a DWS se posiciona no mercado como uma das melhores corretoras a nível nacional! 

A mais de 10 anos nós ajudamos clientes a fazerem a escolha certa para suas famílias e empresas. 

A DWS conta com profissionais especializados para garantir que a sua portabilidade (assim como outros procedimentos) sejam muito bem feitos e entregues com a melhor qualidade possível.

Conheça os serviços da DWS corretora hoje mesmo! Clique aqui e acesse o nosso simulador 100% online e gratuito.

DWS corretora, porque quando o assunto é saúde nós somos os especialistas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *